Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneta da Escrita

Temas diversos, Crónicas, Excerto dos meus Livros.

Temas diversos, Crónicas, Excerto dos meus Livros.


07.03.14

 

Todos somos portugueses, todos pagamos impostos para um Estado que só existe porque existem portugueses.

Esse mesmo Estado que devia garantir a sociedade como um todo com direitos e deveres por igual, mas esse Estado separa os portugueses em 1ª e o resto e acima de tudo não garante segurança nenhuma a ninguém em situação nenhuma, nem no desemprego, excepto, ora cá está a excepção, excepto aos de 1ª.

Porque razão um português que perde o emprego tem dce ir para as filas do desemprego e com sorte conseguir uma ajuda para um ou dois anos com um subsídio que não é mais que uma esmola, quando os de 1ª o não fazem nem sofrem as mesmas agonias?

Porque razão o Estado, digo governo, tem de garantir um lugar de alto cargo na administração pública para um indivíduo que deixou de ser candidato a deputado europeu?

Porque razão se tem de garantir emprego a quem nunca trabalhou mais do que aquilo que o partido lhe ofereceu e nem nunca sonhou ir ao mercado procurar emprego?

Porque razão temos de pagar impostos para garantir as mordomias a quem nos tira até o pão para a boca?

Afinal, que País é este?

Que País trata os seus cidadãos de maneira tão diferenciada, garantindo tachos a uns e obrigando outros a rastejar pelas ruas da amargura?

Que justificação tem o governo de todos os portugueses para brindar uns e fustigar outros?

Que espécie de País é este?

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub