Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneta da Escrita

Temas diversos, Crónicas, Excerto dos meus Livros.

Temas diversos, Crónicas, Excerto dos meus Livros.


04.08.13

"Eh pá, já me esquecia, tenho um problema para resolver. Que problema tens tu, Meia? A minha mãe deixou comida na geleira, para o almoço e se não a como vai-me chatear e até me dá nas orelhas depois de ver que fomos às Coca-Colas e não lhe toquei. E o que é a comida, pode saber-se? Esparguete com almôndegas. É bom, diz Branquelas, mas também não me apetece nada, nem a mim, atira Noite Escura, estas Colas enchem. Então estou frito, vou mesmo levar nas orelhas, bem podiam ajudar-me e comer qualquer coisita. Não dá, estamos a rebentar pelas costuras. Não te preocupes, diz Noite Escura, tenho uma solução. Qual é, pergunta Meia de Leite, diz-me que preciso de resolver este assunto. Essa comida até é boa demais, mas a solução que te vou dar garante-te um amigo para sempre, vai buscar a comida que já te mostro o que vais fazer.

Retorno à cozinha, retirar a comida da geleira, Meia de Leite reaparece no quintal com uma tigela repleta de esparguete com almôndegas. Popilas Meia, a tua mãe cozinha para uma tropa inteira. Ela acha que eu estou sempre cheio de fome, diz que é para crescer, mas por mais que coma fico sempre pequenino. Nasceste em dias curtos, é o que é. Pega mas é na tigela e chama o Tarzam. O Tarzam? Já percebi, és mesmo um génio Noite, só tu te podias lembrar desta solução e é a melhor e a mais rápida, ele vai limpar tudo. Olha que pareces mais inteligente do que és, provoca Branquelas, desculpa, enganei-me, queria dizer mais inteligente do que pareces. Estás sempre a trocar as frases para me chatear, um dia ainda te vou ao focinho, mas hoje não que estou cansado, riram-se os três.

Um assobio de Meia de Leite e Tarzam, o seu cão, rafeiro que não havia essa coisa de cães de raça, aparece lampeiro e a abanar a cauda, uma marradinha em cada um e uma lambidela em Meia de Leite compõem os cumprimentos do animal. Estendem-lhe a tigela e Tarzam, sem se fazer rogado atira-se a ela, depois de umas trincadelas sôfregas, levanta a cabeça na sua direcção como agradecendo tamanho manjar e termina a imensa quantidade de esparguete com almôndegas, atira a língua para fora e lambe a tigela, não deixa nada que se veja que ali esteve comida. Olha para eles agradecido, que rico almoço, venham mais vezes que eu tomo conta de vocês, e tragam mais disto que eu gosto, parecia dizer. Afastou-se um pouco e deitou-se a remoer tão excelente comida, um rosnar de felicidade saía-lhe agora das narinas.

Agora vai lavar a tigela antes que a tua mãe chegue e sinta o cheiro do cão que aí sim, levavas poucas se ela soubesse que a deste ao Tarzam. Depois vamos às mangas. Meia de Leite assim faz, a mãe nem vai acreditar, comeu tudo e ainda lavou a tigela, este meu filho está a ficar cada vez melhor, mais atinado e até ajuda a mãe, sim senhor, vais longe. Tenho de dizer ao teu pai como te estás a portar e até tens direito a prenda e tudo, imaginações de Meia de Leite a funcionar em pleno."

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub